Biografia

Origens

Frei Rinaldo Stecanela Oliveira, é o segundo dos cinco filhos do Casal Anísio de Oliveira (in memoriam) e Nadir Stecanela Oliveira. Nasceu na cidade de Cambará do Sul (RS) mas viveu toda a sua infância na cidade de Turvo (SC). Desde muito cedo manifestou seu desejo pelas coisas de Deus. Era comum sua presença nas comunidades, exercendo as funções de coroinha e na reza do Terço. Seus pais sempre foram de muita oração e isso influenciou sua vida Religiosa.

Vocação

Uma História de consagração

Aos treze anos de idade, no ano de 1983, ingressou no Seminário Menor Nossa Senhora das Dores da Congregação Religiosa chamada Ordem dos Servos de Maria (OSM) em Turvo (SC). Ali cursou o 2° grau (Ensino Médio) e recebeu todo o acompanhamento humano e espiritual para dar uma resposta mais consciente ao chamado que Cristo lhe havia feito: vem e segue-me. Durante os anos de 1985 a 1989 cursou FILOSOFIA, na Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

Em 1990 fez uma experiência missionária e pastoral numa paróquia de Sena Madureira no Estado do Acre. A partir do ano de 1991 foi transferido para Santiago do Chile a fim de cursar Teologia na Pontifícia Universidade Católica daquele país. Ainda cursando teologia desenvolveu, como experiência pastoral, um trabalho junto às penitenciárias de Santiago.

Em 1993 professou, no Chile, os votos solenes, consagrando-se religioso definitivamente. Terminada a teologia e já religioso de votos solenes, viajou para Bolívia na intenção de fazer um curso de latino - americano para formadores (responsáveis pelas casas de formação religiosa). No Chile, Frei Rinaldo ficou por 4 anos. Após o curso de Teologia voltou para o Acre onde foi ordenado diácono pela imposição das mãos de Dom Moacir Grechi, até então bispo de Rio Branco (AC).

Ainda diácono, foi transferido, em 1995, para Turvo com o intuito de trabalhar na formação dos seminaristas menores (Reitor de Seminário) e na Direção do Colégio de um Colégio da Ordem. Trabalho este que realizou durante cinco anos. Foi ordenado sacerdote no dia 15 de julho de 1995, em Turvo, por Dom Moacir Grechi. Em Fevereiro de 2000 foi transferido para a comunidade de São Paulo assumindo a direção pastoral como pároco da paróquia Nossa Senhora das Dores na região do Ipiranga, onde desenvolveu um grande projeto de evangelização. Sempre no dia 4 de cada mês fazia uma grande celebração.

Na sua família religiosa já exerceu as funções de Conselheiro Provincial, Vice-Provincial e Secretário Provincial e Coordenador dos Servos de Maria na América Latina.